A importância do PCP para a manufatura

Atualizado: 29 de Jan de 2018

Para empresas que produzem bens para a armazenagem, um bom planejamento de produção é essencial para a integração dos setores que compõem a cadeia produtiva.



Para uma organização que deseja sobreviver no mercado, a redução de desperdícios e a busca por menores custos tornou-se uma obrigação. Porém, as grandes mudanças no cenário econômico, político e social estão levando as empresas a mudarem radicalmente suas estratégias e avaliar o desempenho da sua produção. Além da redução nos custos, o produto ou serviço deve vir acompanhado de qualidade, rapidez e confiabilidade.


Para atender uma demanda crescente de consumidores, que querem cada vez mais produtos inovadores e personalizados, é necessária a flexibilidade do processo. Com o aumento da demanda, cresce também a responsabilidade sobre a administração de um alto fluxo de materiais, gerenciamento que cabe ao departamento de Planejamento e Controle da Produção (PCP).


Para empresas que produzem bens para a armazenagem, um bom planejamento de produção é essencial para a integração dos setores que compõem a cadeia produtiva. Prever o que irá acontecer no dia seguinte não é uma tarefa fácil, mas para as empresas esse risco torna-se necessário. A previsão de demanda é função do departamento de marketing e/ou do departamento de vendas, mas cabe ao administrador da produção juntamente com o departamento de PCP certificar que as variações que poderão ocorrer na mesma serão prontamente acatadas. O gerenciamento da demanda possibilitará um maior percentual de acerto, deste modo será possível estabelecer com mais confiabilidade o que, como, quem e quando produzir, diminuindo os erros e inseguranças quanto à capacidade de produção e, consequentemente, minimizando os estoques.


Todo produto final, gerado por uma cadeia produtiva, passa por um processo transformador, requerendo para isso grandes quantidades de insumos de entrada a serem transformados e recursos transformadores que darão origem aos bens e serviços confeccionados pela organização. Com isso, as enormes cadeias de suprimentos passaram a ser comuns aos sistemas de planejamento e controle da produção e o gerenciamento delas tornou-se fundamental para o sucesso de qualquer organização. A fim de ajudar nesse requisito fundamental, novos sistemas e ferramentas, como o ERP (Sistema de Gestão Empresarial), foram surgindo, aumentando a capacidade produtiva e operacional.


O PCP tem como função básica oferecer suporte, sendo encarregado pelo arranjo e emprego dos meios disponíveis para melhor atender os projetos da organização, divididos entre os níveis estratégico, tático e operacional, nos quais seus objetivos devem estar voltados para a confirmação das estratégias de longo prazo da empresa, pois todas as ações desenvolvidas pelo PCP estão presentes em qualquer sistema produtivo, mas o modo como são realizadas e são obtidos os resultados estão diretamente comprometidos com a doutrina empregada pela empresa e de nada adiantará também o uso de softwares sofisticados (ERP) se não forem solucionados primeiro os problemas estruturais da organização.


O PCP não toma decisões, e sim mantém relações entre as funções e opera com uma série de recursos de dados, transformando esse fluxo de informações em uma sequência de operações dentro da organização e auxiliando os gestores, tornando-o, atualmente, um importante fator pertencente ao processo decisório.


#PCP #Manufatura

São Paulo - SP - Brasil
Segunda a sexta das 8h às 17h

© por Soft-it Tecnologia Ltda.

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone LinkedIn
  • Branca Ícone Instagram
  • Branco Twitter Ícone